Ex-sócio fica desobrigado de contrair dívida após saída da empresa, decide STJ