ATENDIMENTO WHATSAPP
AGENDE
UMA VISITA
SOLICITE SEU ORÇAMENTO
SOCIAL

Principais dicas de como realizar um planejamento tributário

17 abril 2020

Principais dicas de como realizar um planejamento tributário

Sabemos que o planejamento tributário é um conjunto de sistemas no qual reduz as taxas de tributos que tendem a serem pagas por um empresário, mas para que esse processo seja desenvolvido na busca de resultados positivos não é uma tarefa nada fácil, precisamos nos atentar com alguns procedimentos essenciais para serem seguidos e evitar os prejuízos do nosso negócio. Segundo pesquisas do IBPT (Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário), aproximadamente 33% do faturamento de uma empresa nos dias atuais é direcionado a pagamento de tributos, além disso, ainda existem os custos e despesas que fazem com que metade do lucro empresarial seja conduzido também a esses tributos.

Todos os processos fazem com que o contribuinte possa aderir ao planejamento tributário e realizar as suas ações para diminuir os custos, desde que esteja dentro da lei. Abaixo listamos algumas dicas para você realizar o seu planejamento tributário:

Elisão Fiscal

A elisão fiscal é uma ação de prática contábil na qual as empresas usam como o formato mais vantajoso no pagamento de impostos, a essência desse processo é muito importante porque é ela que faz com que sua empresa pague menos impostos, outra forma que dentro da lei é considerada como crime é a sonegação ou evasão fiscal, que significa usar meios de forma inadequada para pagar menos impostos.

Conhecer a legislação

É necessário conhecer os tributos que são cobrados no país, ter o total conhecimento sobre o que deve ou não impactar em sua operação, esse aspecto é importante para os seus negócios.

Fatores que tem influência no financeiro de sua empresa

É relevante analisar bem os fatores que vão ter impacto na sua empresa no quesito financeiro, três dos principais deles é a margem de lucro, receita bruta e o histórico da empresa, além de outros elementos que também precisam ser analisados com cautela.

Solicitar o melhor regime de tributação

Escolher o melhor regime de tributação é extremamente importante, esse fator é determinante porque é ele que define como irá ser tributada as atividades, os regimes são o de Microempreendedor Individual (MEI), Simples Nacional, Lucro Presumido ou Lucro Real.

Observar os incentivos fiscais e isenções

Os incentivos fiscais são benefícios relacionados a carga tributária e a isenção é a não incidência dos débitos, esses dois processos estão completamente ligados as atividades que são realizadas em sua empresa e devem ser verificados e acompanhados com cautela.

Analise todas as possibilidades para usar créditos tributários

É necessário realizar uma autoanálise sobre o seu enquadramento para saber se é permitido a obtenção e o uso de valores, algumas das siglas que determinam o formato jurídico da sua empresa, possibilitam que se credite quando toma serviços, outras na compra de mercadorias e outras ainda realizam o uso de créditos adquiridos em depreciação e pagamentos de despesas.

Obrigações acessórias

 É importante analisar as obrigações acessórias que melhor irão integrar a sua empresa, com a escolha do regime tributário mais adequado há uma economia de tempo e dinheiro.

Distribua as áreas de atuação na sua empresa

Subdividir a sua empresa em várias áreas de atuação pode ser um planejamento ideal para os negócios, feito isso você poderá selecionar enquadramentos tributários diferentes para cada uma delas, reduzindo custos.

Preserve suas finanças pessoais e empresariais separadas

No ramo empresarial não é agradável permitir que suas finanças pessoais se associem com as empresariais, a aproximação entre ambas pode atrapalhar o seu lucro e gerar o aumento dos tributos.

Realize um treinamento com os colaboradores de sua empresa

Se a sua empresa não possui capacidade para administrar os tributos, é necessário um treinamento de qualificação para os colaboradores, com o intuito de promover conhecimento e se beneficiar na qualidade que os mesmos irão obter, caso contrário é aconselhável terceirizar os serviços, com isso você facilita o planejamento da sua empresa evitando os transtornos. 

Faça uma revisão do seu planejamento

Analise os tributos se todos estão em ordem e se o processamento de todos está de acordo com as etapas que foram seguidas, se necessário corrija aquilo que estiver fora do planejamento.

ESCRITO POR
Soma Contabilidade
O seu escritório de contabilidade!

Receba conteúdo gratuito e exclusivo em seu e-mail

Inscreva-se em nossa newsletter
Scroll Stick E-book